5 dicas para economizar a água no condomínio

 

A importância da poupança de água não é nenhuma novidade mas, na prática, as ações que são implementadas estão, por vezes, aquém daquilo que já é possível fazer.

 

O consumo consciente é um compromisso de todos, mas a correta gestão e consciencialização é, também, da responsabilidade do condomínio.

Continue a ler o artigo e descubra algumas dicas que o vão ajudar a economizar a água do seu condomínio e a torná-lo mais sustentável.

 

 

 

Um condomínio mais sustentável

Pode não ser evidente mas há sempre espaço para melhorias quando falamos em economizar água nos condomínios.

 

Ao promover um condomínio sustentável está a garantir a preservação do meio ambiente mas também a melhoria da qualidade de vida de todos os moradores, a diminuição dos gastos financeiros e a consequente valorização do imóvel. 

 

Juntamente com a adoção de comportamentos e hábitos em prol da redução do consumo da água, existem uma série de medidas que podem ser implementadas para assegurar uma poupança de forma eficiente

 

 

 

 

1. Promover ações de consciencialização

Apesar de todos os esforços e promoção de campanhas, nunca é demais relembrar as pessoas e conduzi-las a um consumo mais consciente e sustentável.

 

Além da poupança na fatura, a mudança de hábitos pode fazer uma grande diferença quando realizadas em comunidade. Em primeiro lugar, esta mudança deve mobilizar os moradores e despertar a consciência social para a valorização do consumo consciente deste bem natural e realizar um acompanhamento diário do gasto de água.

 

Isso é possível através de inúmeras ações internas de sensibilização, nomeadamente através de debates sobre o tema, distribuição de cartazes informativos e folhetos com dicas práticas e eficazes. Idealmente estas comunicações deverão ser feitas, sempre que possível, através dos meios digitais.

 

Alguns exemplos de mudanças de hábitos que pode promover:

  • Regar a relva quando o sol se põe para minimizar a evaporação;
  • Instalar chuveiros com um caudal máximo de 6 litros por minuto;
  • Verificar se há fugas nas torneiras e avisar imediatamente o gestor do condomínio. Não existe “um simples gotejamento”, todos os minutos fazem a diferença;
  • Usar a sua máquina de lavar louça e a máquina de lavar roupa apenas para cargas completas;
  • Não fazer da sanita um saco de lixo e evitar descargas desnecessárias.

 

 

2. Realizar inspeções periódicas

Além de ser bom para o ambiente, a realização de inspeções periódicas também ajudam a evitar que as despesas aumentem! E no caso dos condomínios a fatura da água representa, por vezes, um grande encargo ao final do mês, sobretudo se negligenciar as vistorias periódicas.

 

No caso dos reservatórios de água,  a limpeza e a desinfeção devem ser feitas, no mínimo, uma vez por ano, mas recomenda-se que ocorra com mais frequência, sobretudo se se verificar ou suspeitar que a água esteja contaminada.

 

Os problemas relacionados com reservatórios são muito comuns e, se não forem resolvidos a tempo, podem provocar infiltrações que irão comprometer a segurança da estrutura e a qualidade da água armazenada. Deste modo, é muito importante que seja levado a cabo o diagnóstico do reservatório e, posteriormente, a sua reabilitação.

 

Se o problema se confirmar, deve procurar ajuda profissional e fazer uma inspeção ao reservatório de água. Na Prudêncio, reabilitamos reservatórios de água garantindo que não está a desperdiçar água e que a mesma não se encontra contaminada.

 

 

3. Investir em sistemas de reaproveitamento da água

Invista em sistemas de captação da água como a instalação de cisternas e reutilize para a rega de plantas, jardins e limpeza dos espaços comuns. 

 

Esta é uma opção muito interessante e eficaz tanto para condomínios novos como os mais antigos para armazenamento das águas pluviais ou reaproveitando da água usada no banho, podendo representar uma economia de até 50% na conta de água.

 

Este sistema consiste na utilização de cisternas, que armazenam a água para uso doméstico geral, gerando uma maior economia e ajudando a amenizar o gasto individual de água. Ou seja, a água da chuva é levada pelas calhas até um filtro que, por sua vez, irá eliminar as impurezas. Esta água, não sendo potável, está indicada apenas para a utilização nas tarefas domésticas.

 

 

4. Substituir os vasos sanitários antigos

O investimento em novos vasos sanitários também deve ser tido em conta quando pretende evitar descargas maiores, desnecessárias e economizar água.


Ao investir nos vasos mais modernos com caixa acoplada está a poupar consideravelmente na quantidade de água descarregada face às bacias com válvulas mais antigas. Esta mudança pode representar uma diferença de um gasto de 30 litros por descarga para 3 a 6 litros por descarga, conforme a necessidade.

 

 

5. Investir em hidrómetros individuais

Integre os moradores na urgente necessidade de tomar medidas para minimizar o consumo de água no dia a dia investindo em hidrómetros individuais. Isto significa que cada um ficará responsável pelo seu próprio consumo de água. 

 

Permite que tenham uma maior percepção sobre o seu consumo, pagam o valor real sobre o mesmo e ajustam novos comportamentos para minimizar eventuais consumos desmedidos e, acima de tudo, desnecessários. 

 

Esta é uma excelente alternativa para rastrear os diferentes consumos e motivar os moradores a adotarem hábitos para diminuir o uso de água. Os hidrómetros individuais em condomínios têm provado ser uma solução muito eficaz para economizar água.

 

Caso o condomínio possua uma piscina na área comum é, também, muito importante estar atento à evaporação da água e cobri-la sempre que esta não estiver a ser utilizada. Esta medida vai prevenir a evaporação de milhares de litros de água.

 

 

Soluções eficazes, seguras e sustentáveis

Estas são algumas das mais importantes medidas que pode implementar neste momento no seu condomínio. As vantagens apresentadas têm um caráter financeiro, ambiental e social, podendo se encaixar perfeitamente em qualquer tipo de imóvel.

 

Na Prudêncio, aconselhamos a melhor solução para o seu imóvel com algumas das soluções mais ecológicas e sustentáveis do mercado.

Não espere mais, consulte-nos e fique a par das nossas condições especiais para condomínios.

 Entre em contacto connosco.

ENTRE EM CONTACTO CONNOSCO É um cliente, um fornecedor ou um profissional talentoso? Fale connosco!
NOME*
EMAIL*
CIDADE*
TELEFONE*
MENSAGEM*

Top