A importância das certificações ambientais de edifícios

As certificações ambientais assumem uma grande importância no setor da construção, essencialmente no que diz respeito à otimização energética. Isto faz sentido se pensarmos que os edifícios representam mais de um terço da energia utilizada a nível mundial. Neste artigo vamos focar-nos numa das certificações mais importantes do setor: a certificação LEED. Continue a ler para saber mais.

 

Minimizar o impacto negativo no meio ambiente é uma prioridade do setor da construção civil. Para tal, existem várias certificações que surgem da necessidade de se dispor de meios e padrões fixos, rigorosos e reconhecidos, para identificar o comportamento ambiental dos edifícios e pressionar responsáveis a tomarem decisões mais sustentáveis. 

 

 

Certificações energéticas de caráter obrigatório

Existem alguns processos de certificação que são de cumprimento obrigatório em Portugal, como o Decreto-Lei nº 118/2013, de 20 de agosto, relativo ao desempenho energético dos edifícios (SCE). Este decreto regula o Sistema de Certificação Energética dos Edifícios, o Regulamento de Desempenho Energético dos Edifícios de Habitação e o Regulamento de Desempenho Energético dos Edifícios de Comércio e Serviços, e transpõe a Diretiva n.º 2010/31/UE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 19 de maio de 2010, relativa ao desempenho energético dos edifícios.

 

Outro processo de caráter obrigatório é o conjunto de Regras Técnicas das Instalações Elétricas de Baixa Tensão (RTIEBT), publicado em Portaria n.º 949-A/2006, de 11 de setembro, e que estabelece a regulação em instalações elétricas de baixa tensão.

 

Certificações energéticas de caráter voluntário

Para além dos processos de caráter obrigatório, existem sistemas de gestão e certificação que são voluntários. Os primeiros surgiram na década de 90 e são atualmente os mais reconhecidos internacionalmente como símbolos de sustentabilidade. São eles: 

    • ISO 50001
    • BREEAM®
    • LEED®

Estes sistemas avaliam as ações realizadas com o intuito de as melhorar, com base na análise de vários aspetos de um edifício, tais como:

  • Poupança de energia;
  • Uso de água e as reduções de emissão de CO2;
  • Melhoria interna da qualidade ambiental;
  • Gestão de recursos.

 

Nestes processos, o nível da pontuação está diretamente ligado ao nível de certificação.

 

Em Portugal, o LEED® e o BREEAM® são os sistemas mais conhecidos. Estes certificados são cada vez mais procurados no setor da construção, pois promovem uma construção mais sustentável, que resulta em benefícios económicos, ambientais e sociais para todas as pessoas vinculadas a um edifício (inquilinos, utilizadores, promotores, proprietários, gestores, entre outros).

 

Para além disto, supõem uma valorização do imóvel e da empresa responsável pela obra. Esta valorização é reconhecida tanto pela sociedade em geral, como pelo mercado. 

 

 

 

Certificação LEED

LEED® significa Leadership in Energy and Environmental Design e é um sistema de avaliação padrão internacional desenvolvido pelo U.S. Green Building Council nos finais da década de 90, nos Estados Unidos, para fomentar o desenvolvimento de construções baseadas em critérios sustentáveis e de elevada eficiência. A importância deste sistema prende-se também com o facto de poder ser aplicado a qualquer tipo de construção.

 

O LEED® avalia a sustentabilidade da construção, com base no seu impacto em 5 grandes áreas principais: 

  • Localização sustentável;
  • Protecção e eficiência da água;
  •  Eficiência energética e energias renováveis; 
  • Conservação de materiais e de recursos naturais; 
  • Qualidade do ambiente interior.

 

Os projetos são classificados relativamente a um conjunto de créditos padrão e a soma dos pontos obtidos determina o nível de certificação: Certificado de Prata, Ouro ou Platina.

 

Sonae Maia Business Center com classificação LEED

A Prudêncio foi a empresa selecionada para realizar as impermeabilizações da cobertura do Sonae Maia Business Center, que recebeu a certificação LEED de nível Ouro, a mais elevada atribuída a um edifício em toda a Península Ibérica.

 

Veja aqui a reportagem da RTP sobre este edifício e consulte aqui o projeto. 

 

 

Opte por soluções sustentáveis

Na Prudêncio, a responsabilidade ambiental, a sustentabilidade e a superioridade técnica são três pilares que nos guiam no desenvolvimento das nossas soluções de impermeabilização.

 

Por esta razão, orgulhamo-nos de ser os representantes exclusivos em Portugal para TPO da marca KÖSTER, uma marca que se distingue pelo seu foco na inovação e sustentabilidade. 

 

VEJA TAMBÉM: Membranas de Impermeabilização TPO da KOSTER

 

Entre em contacto connosco e conheça as nossas soluções. 

ENTRE EM CONTACTO CONNOSCO É um cliente, um fornecedor ou um profissional talentoso? Fale connosco!
NOME*
EMAIL*
CIDADE*
TELEFONE*
MENSAGEM*

Top