Que cuidados deve ter neste período de quarentena?

A doença provocada pelo novo conoravírus foi considerada pandemia mundial pela Organização Mundial de Saúde e colocou-nos a todos, e sem exceção, em estado de alerta. É dever de cada um conhecer e colaborar de forma a minimizar as consequências desta doença.

 

As medidas de proteção são muito mais do que recomendações, são, acima de tudo, uma responsabilidade social para um bem maior.

 

O que é a COVID-19?

A COVID-19 é uma doença causada pelo novo vírus da família dos coronavírus cuja transmissão é feita de pessoa para pessoa. A infeção pode assemelhar-se a uma gripe comum ou apresentar-se como uma doença mais grave e evoluir para pneumonia. 

 

O surto teve origem numa pequena cidade da China, mas rapidamente evoluiu, afetando outras partes do país e, em pouco tempo, alastrou-se a outros países. Neste momento, a Europa é considerada o principal foco do surto. Desde o dia 28 de fevereiro que a Organização Mundial da Saúde considera elevado risco de transmissão a nível global, uma vez que o tempo de incubação do vírus pode durar entre 2 a 14 dias e o mesmo pode sobreviver dias em contacto com superfícies.

 

Como se transmite o vírus?

O novo coronavírus é capaz de sobreviver por várias horas em suspensão no ar e até dias em superfícies infectadas. As gotículas de saliva, espirros, tosse e contacto direto com doentes e superfícies contaminadas são altamente prejudiciais e podem dar origem a uma nova cadeia de contágio. É aqui que se situa o grande problema desta epidemia e a importância da prevenção.

 

Principais sintomas

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, manifesta-se tipicamente através de três principais sintomas:

  • Tosse;
  • Febre;
  • Dificuldades respiratórias, como falta de ar.

As complicações como pneumonia e bronquite têm surgido, sobretudo, em casos de doentes idosos.

 

Cuidados obrigatórios durante este período

  • Caso esteja com alguém infectado deve ficar em casa;
  • Quando espirrar ou tossir tape o nariz e a boca com o braço ou com um lenço de papel que deverá ser colocado imediatamente no lixo;
  • Lave frequentemente as mãos com água e sabão ou use solução à base de, pelo menos, 60% de álcool, durante 20 segundos e repita este processo sempre que se assoar, espirrar, tossir ou entrar em contacto direto com doentes;
  • Se regressou de uma área afetada, evite contacto próximo com outras pessoas;
  • Não partilhe objetos, bens pessoais, nem comida;
  • Evite tocar nos olhos, no nariz e na boca;
  • Mantenha a distância de segurança social de, pelo menos, dois metros de distância, sempre;
  • Não cumprimente ninguém;
  • Evite visitar restaurantes, cafés e outros locais não obrigatórios;
  • Limpe com álcool objetos tocados frequentemente, como o telemóvel, o volante do automóvel ou outros.

 

Na viagem para o trabalho, como se deve proteger?

  • Considere levar álcool ou uma solução à base de álcool, todos dos dias, na sua mala;
  • Cumpra todas as indicações das autoridades, acima descritas;
  • Se quaisquer sinais suspeitos aparecerem (tosse e até febre leve), fique em casa, evite contato próximo com os colegas de trabalho e com familiares e entre em contato com a Linha SNS24.

 

Medidas aplicadas na Prudêncio

A actividade da Prudêncio apresenta poucos riscos na medida em que as coberturas onde trabalhamos são, na maior parte, de acessibilidade limitada ou inacessíveis a pessoas externas. Além disso, são expostas ao sol e ao vento, condições que não são propícias ao vírus (quando está a chover os nossos trabalhadores ficam, na maior parte das vezes, em casa, pois não existem condições para trabalhar). 

 

Assim, o maior risco verifica-se na viagem até à obra. Como forma de proteger os nossos colaboradores, a Prudêncio disponibilizou-se a assumir todas as despesas de transporte, de forma a que os nossos colaboradores possam viajar sozinhos em cada viatura, depois de esgotadas as viaturas da empresa

 

Também se disponibilizou a pagar as despesas inerentes à realização de comida em casa e o respetivo transporte, ou mesmo a verificar a disponibilidade de serviços de catering para entrega de comida na obra, caso haja a necessidade de almoçarem fora (em obras distantes da área de residência).

 

Ainda relativamente aos procedimentos, também aconselhamos e reforçamos que cumpram os cuidados divulgados pela DGS, nomeadamente as distâncias mínimas entre pessoas e mesmo entre colegas de trabalho, e a lavagem frequente das mãos.

 

 

Desta forma, estamos a tentar reduzir a exposição dos nossos trabalhadores ao vírus, evitando o contacto com outras pessoas, fora da cadeia da empresa, de forma a minimizarmos os riscos para todos. Simples cuidados podem fazer uma grande diferença!

 

ENTRE EM CONTACTO CONNOSCO É um cliente, um fornecedor ou um profissional talentoso? Fale connosco!
NOME*
EMAIL*
CIDADE*
TELEFONE*
MENSAGEM*

Top