Tendências da Construção Civil para 2020

O setor da construção civil, assim como outros setores, é bastante permeável às mudanças sociais, estando em constante transformação. Depois de um período de relativa estagnação, devido à crise económica, este setor está agora focado no crescimento e na inovação. Para além de procurar soluções de forma a dar resposta àquilo que são as exigências da atualidade, também é importante ser capaz de antecipar as tendências futuras. Continue a ler para ficar a conhecer algumas tendências para o setor da Construção Civil em 2020 e o impacto que estas poderão ter no seu negócio. 

 

 

1. Sustentabilidade

A sustentabilidade é uma tendência global, transversal a todos os setores e será a principal tendência de 2020. A consciência ambiental tem crescido nas últimas décadas e os governantes e empresas são cada vez mais pressionados pelas comunidades a tomarem decisões sustentáveis.

 

Marcas de produtos e serviços reconhecem a importância da responsabilidade ambiental no momento de decisão do consumidor e adaptam os seus meios de produção a esta realidade. O mesmo acontece no setor da construção.

 

Podemos mesmo afirmar que hoje em dia, falar do futuro da construção civil é falar do futuro da Construção Sustentável.

 

A Construção Sustentável pode ser definida como “a criação e o planeamento responsável de um ambiente construído saudável, com base na otimização dos recursos naturais disponíveis e em princípios ecológicos”.

 

Unir a preservação ambiental e o crescimento socioeconómico, deverá, assim, ser o principal foco do setor no ano que vem. 

 

 

2. Energia renovável e otimização energética

Como consequência da preocupação ambiental e das tendências de sustentabilidade, o uso de fontes de energia renovável será uma prioridade das empresas de construção civil em 2020. 

 

As certificações de otimização energética serão também cada vez mais importantes no setor da construção. 

 

Em Portugal, os certificados LEED® e o BREEAM® são cada vez mais procurados, pois promovem uma construção mais sustentável, que resulta em benefícios económicos, ambientais e sociais. 

 

Estes certificados supõem também uma valorização do imóvel e da empresa responsável pela obra.

 

3. Novas Tecnologias

A IA (Inteligência Artificial) ainda nos pode parecer algo saído de um filme de ficção científica, mas a verdade é que é já uma realidade presente em muitos aspetos do nosso dia a dia. 

 

Nos próximos anos, iremos assistir a um incremento da utilização da IA no setor da construção, nomeadamente no que diz respeito ao acompanhamento do ciclo de trabalho dos equipamentos. Um exemplo desta realidade pode ser receber um aviso no momento em que é necessário levar a cabo algum tipo de manutenção. 

 

A IoT (Internet das Coisas), também irá permitir rastrear materiais, evitando perdas e ajudando a controlar stocks. 

 

Em todas as fases de um projeto de construção, as soluções tecnológicas permitem a circulação ágil de informações atualizadas e disponíveis em tempo real. O acesso a estas informações pode ser feito remotamente.

 

No próximo ano, a transformação tecnológica do setor antecipa, assim, um maior controlo sobre todo o processo, de forma a evitar imprevistos e reduzir custos.

 

 

4. Realidade Aumentada

A realidade aumentada é uma tecnologia que, apesar de não ser financeiramente muito acessível, está a crescer bastante em popularidade no setor da construção.

 

A previsão é que em 2020 este crescimento seja ainda mais marcado, tornando-se uma ferramenta fundamental de um projeto. 

 

Esta tecnologia permite colocar elementos digitais na nossa realidade de forma a visualizar (e testar) possíveis soluções antes de as implementar. 

 

O uso de realidade aumentada, ou visualização de um item virtual em 3D, a partir de um objeto da realidade, possibilita que a equipa de engenharia visualize espaços ou estruturas de construção em tamanho real antes do início da obra. 

 

 

5. Construções Modulares

As construções modulares são uma das soluções mais inovadoras do setor, associadas ao aumento da produtividade e redução de custos. Para além disso, podem ser ampliadas com facilidade e usam, em grande parte dos casos, materiais amigos do ambiente. 

 

Este processo de construção de edifícios, normalmente moradias, define-se pela junção de secções ou módulos que foram fabricados num local e posteriormente transportados e montados na localização escolhida. Os módulos são montados de forma a constituir um único edifício, recorrendo a gruas ou outros meios necessários de elevação. 

 

Apesar de ainda não ser uma prática muito comum em Portugal, já é possível encontrar atualmente algumas empresas especializadas na construção deste tipo de estruturas. 

 

 

Apostamos em soluções sustentáveis

Seguindo as principais tendências do setor, na Prudêncio trabalhamos com algumas das soluções mais ecológicas e sustentáveis do mercado, nomeadamente com as membranas TPO da Koster para reabilitação e impermeabilização de Coberturas e Reservatórios de Água.

 

Responsabilidade ambiental, sustentabilidade e superioridade técnica, são simultaneamente o princípio e o resultado desta parceria entre a Prudêncio e a Koster. Juntos desenvolvemos soluções únicas que vão de encontro ao elevado grau de exigência dos nossos clientes.

 

Saiba mais aqui, ou entre em contacto connosco para pedido de orçamento.

 

 

ENTRE EM CONTACTO CONNOSCO É um cliente, um fornecedor ou um profissional talentoso? Fale connosco!
NOME*
EMAIL*
CIDADE*
TELEFONE*
MENSAGEM*

Top