O futuro da construção civil pode ser sustentável?

 

 

A indústria da construção é uma das mais importantes do mundo e está sempre em evolução para se manter a par das últimas tendências. 

 

Os efeitos das alterações climáticas estão a tornar-se cada vez mais visíveis, forçando-nos a repensar a nossa relação com o ambiente

 

Tendo isso em mente, consideramos não só importante como também interessante olhar para as práticas sustentáveis que se espera que sejam populares já em 2022.

 

 

A indústria da construção é uma das mais importantes do mundo

 

Preparação para um futuro sustentável

O cenário da construção está a mudar rapidamente. Sendo esta uma das indústrias mais poluidoras do planeta, a construção sustentável está a ganhar força um pouco por todo o mundo.

 

A indústria tem vindo a explorar formas de construir e operar edifícios de modo a respeitar o meio ambiente e de garantir a satisfação dos clientes e funcionários. Esta nova abordagem está a transformar o setor, redefinindo as expectativas dos clientes e gerando novos negócios. 

 

Algumas tendências sustentáveis na construção incluem a energia renovável, a eficiência hídrica, materiais de construção ecológicos e tecnologia inteligente.

 

O futuro da construção está mais sustentável e, como resultado, mais resiliente a eventos naturais.

 

Continue a ler e descubra as principais tendências e métodos que já estão a ser praticados.

 

 

O futuro da construção está mais sustentável

 

 

Materiais Sustentáveis

Quando se trata de construção, pensamos muitas vezes nas mudanças que ocorrem no terreno: novos edifícios, novas estradas, novas infra-estruturas. Mas, por vezes, as maiores mudanças são as que não são tão óbvias, ou seja, as coisas que estão a acontecer “em segundo plano”, por assim dizer. Falamos, assim, dos materiais utilizados.

 

Os materiais de construção sustentáveis e de alta qualidade são essenciais para criar edifícios que sejam simultaneamente saudáveis para o ambiente e saudáveis para as pessoas viverem e trabalharem. 

 

Estes utilizam os recursos de forma eficiente, minimizam o desperdício e minimizam o impacto ambiental, ao mesmo tempo que proporcionam valor e estética duradouros para os edifícios construídos. 

 

Podem ser feitos através de uma variedade de materiais renováveis, recicláveis e/ou biodegradáveis, tais como cânhamo, bambu e a cortiça natural. Além disso, podem também utilizar materiais recuperados, como contentores marítimos antigos, pneus, cana-de-açúcar para substituição da areia convencional e, ainda, a reutilização de pisos, ladrilhos e pallets.

 

Entre os materiais mais em voga na construção estão, neste momento, o bambu, a cortiça, um material sustentável e incrivelmente versátil e resistente, a pedra natural e o cânhamo pelas suas qualidades de isolamento térmico e acústico.

 

 

 

Construção modular

Um dos métodos de construção sustentável mais populares é a pré-fabricação. Este método envolve a montagem de componentes pré-fabricados fora do local antes de os transportar para o local de construção para instalação. 

 

Os benefícios desta técnica incluem a redução do consumo de energia, a redução da produção de resíduos e custos de instalação mais baixos.

 

Sendo este um processo realizado por etapas, este tipo de construção ajuda a otimizar o trabalho e a produtividade, a instalação é mais rápida e estrategicamente melhor planeada ajudando a evitar custos imprevistos e, além disso, permite um menor desperdício dos materiais.

 

Espaços verdes

Um dos aspetos mais críticos da sustentabilidade é garantir que temos acesso a espaços verdes, isto é, áreas onde podemos estar em contacto com a natureza e obter algum ar fresco e, quem sabe, praticar exercício. 

 

A importância dos espaços verdes tem sido, por isso, reconhecida e há uma tendência crescente para a sua incorporação nas áreas urbanas.

 

Numa tentativa de maximizar os nossos recursos e minimizar a nossa pegada ambiental, arquitetos de todo o mundo têm-se voltado para uma construção mais sustentável. Uma dessas tendências é a incorporação de coberturas verdes e jardins verticais em áreas urbanas.

 

Estas são duas excelentes formas de fazer uso do espaço verde num ambiente urbano, proporcionando ao mesmo tempo um ambiente sustentável e saudável, tanto para os seres humanos como para os animais.

 

Na Prudêncio, pode encontrar soluções eficientes e integrais para a reabilitação de todo o tipo de coberturas, incluindo as coberturas ajardinadas. 

 

Casas passivas

A construção de casas passivas é um método de construção energeticamente eficiente que foi concebido para atingir o nível mais elevado possível de eficiência energética. 

 

Com uma casa passiva, tanto o calor como o frio são armazenados para que os edifícios possam utilizar menos energia e ajudar a reduzir as emissões de carbono.

A concepção de uma casa passiva é também mais eficiente do ponto de vista energético do que os edifícios tradicionais. O objetivo é criar edifícios que sejam mais confortáveis e que utilizem menos energia.

 

A concepção de uma casa passiva é mais eficiente do ponto de vista energético

 

 

Tecnologias

 

1. Realidade aumentada

A realidade aumentada é a tecnologia mais recente com impacto na indústria da engenharia civil e tem o potencial de revolucionar a forma como construímos. 

 

Está a ser utilizada de várias maneiras: desde a conceção e planeamento, à inspeção e análise, até à construção em campo. 

 

Este tipo de tecnologia ajuda engenheiros e arquitetos a visualizar edifícios e outras estruturas antes de serem construídos. Mas as potenciais utilizações para a RA vão muito além da visualização. Nos próximos anos, iremos ver aplicações de RA a serem utilizadas para facilitar a colaboração, melhorar o fluxo de trabalho, aumentar a segurança, e muito mais.

A realidade aumentada também pode ser utilizada para melhorar o nosso planeta, transformando a construção num processo mais sustentável e eficiente. No passado, a construção seguiu um panorama “sujo e trabalhoso”, mas as tecnologias atuais estão a permitir aos construtores gerar estruturas mais seguras e eficientes numa fração de tempo.

 

2. Metodologia BIM

A utilização de informação digital de edifícios na construção (BIM – Building Information Modeling) tornou-se omnipresente na concepção e construção de edifícios modernos. 

 

O sistema BIM é utilizado para gerar e gerir a informação digital de construção que é parte integrante da concepção e do processo de construção de edifícios.

 

Permite melhorar a qualidade e eficiência e fornece a captura, partilha, e manipulação de dados para uma melhor colaboração entre os membros da equipa de concepção e construção.

 

 

3. Impressão 3D

A impressão em 3D é, muitas vezes, apontada como o futuro da construção mas está longe de ser a única tecnologia que está a ser utilizada para construir o mundo em que vivemos.

 

Ao utilizar a impressão em 3D, arquitetos e engenheiros podem criar projetos à medida, os materiais de construção podem ser feitos à medida, e as tarefas de construção podem ser concluídas mais rápida e eficientemente.

 

Com o apoio da realidade aumentada, tem também o potencial de melhorar a sustentabilidade dos edifícios, permitindo conceber edifícios que sejam mais eficientes em termos energéticos e mais rentáveis. 

 

Atualmente, a impressão em 3D é utilizada para criar de tudo um pouco, desde próteses personalizadas a modelos arquitetónicos.

 

 

Passar ao nível seguinte

Respondendo à questão levantada “o futuro da construção civil pode ser sustentável?, as tendência dizem que sim

 

O desenvolvimento da construção sustentável é impulsionado pela necessidade de conservar os recursos naturais, proteger a saúde humana e reduzir os impactos ambientais.

 

Ao longo dos últimos anos, assistimos a uma mudança no sentido de práticas de construção mais sustentáveis. Daqui para a frente, é fundamental levarmos o nosso compromisso com o ambiente para o nível seguinte.

 

Se procura um parceiro alinhado com estes objetivos, conte com a Prudêncio!

ENTRE EM CONTACTO CONNOSCO É um cliente, um fornecedor ou um profissional talentoso? Fale connosco!

    NOME*
    EMAIL*
    CIDADE*
    TELEFONE*
    MENSAGEM*

    Top