Vantagens da reabilitação de coberturas de fibrocimento

Para a Prudêncio, a melhor solução quando falamos de amianto, na maioria dos casos, consiste na reabilitação de coberturas de fibrocimento. Este método traz inúmeros benefícios e vantagens em relação à sua remoção sendo, por isso, a aposta mais segura.

 

Sendo o fibrocimento um material de risco muito reduzido, ou quase nulo, as várias entidades como a Direção Geral de Saúde, apontam o encapsulamento como sendo a decisão mais acertada a tomar. Consulte as principais vantagens neste artigo e saiba por que motivos deve evitar a remoção deste tipo de material.

 

 

Obra da Prudêncio – Antes e Depois dos trabalhos de reabilitação de cobertura em fibrocimento da Nave em Marvila

 

A solução de encapsulamento da Prudêncio

Com o objetivo sempre presente no desenvolvimento de projetos inovadores que conciliam a melhor estratégia com soluções que promovem a sustentabilidade ambiental, é uma grande satisfação para a Prudêncio ser reconhecida como pioneira no desenvolvimento de tais soluções. O método de encapsulamento de coberturas de fibrocimento que contêm amianto é um verdadeiro exemplo disso. Esta solução evita os riscos inerentes à sua remoção, isto é, a libertação de fibras que constituem risco para a saúde pública.

 

O encapsulamento consiste no confinamento do amianto com revestimentos e técnicas específicas. A nossa solução assegura que o fibrocimento fica completamente envolvido e protegido das causas que levam à sua degradação: agressões físicas, amplitudes térmicas, chuva e humidade. Analisamos o tipo e o uso destas coberturas e ajudamos em todo o processo de decisão, desde a avaliação de risco, verificação do grau de degradação do material e, consequentemente,  confirmamos se a exposição representa risco e qual as medidas mais seguras a seguir.

 

Agência Nacional de Inovação aprova Projeto da Prudêncio

A Prudêncio recebeu recentemente a aprovação da sua candidatura ao SIFIDE,  Sistema de Incentivos Fiscais à Investigação e Desenvolvimento Empresarial, para o projeto “Desenvolvimento de Sistema de Encapsulamento de Fibrocimento”.

 

A aprovação deste Incentivo fiscal pela Agência Nacional de Inovação representa muitas vitórias para a Prudêncio. Não só transmite força e motivação para um desafio que promete solucionar diversos problemas relacionados com o fibrocimento mas transmite, sobretudo, a confiança de que o sistema de encapsulamento para fibrocimento da Prudêncio é o melhor para o ambiente, a saúde pública e para a eficiência na reconstrução.

 

Obra da Prudêncio – Reabilitação de Cobertura em Fibrocimento da 9Zero9 Administração de Condomínios

 

Vantagens da solução de encapsulamento 

 

Saúde:

Dá-se o nome de amianto ou asbesto a uma variedade de seis fibras minerais naturais, extraída a partir de rochas. A presença de amianto em materiais de construção representa um baixo risco para a saúde se confirmarmos que o material é não friável (como no caso do fibrocimento) e esteja em bom estado de conservação. O risco ocorre, muito frequentemente, em contexto profissional quando há a inalação de fibras de amianto que foram libertadas para o ar, sobretudo em situações de contacto direto com a sua extração. Estas fibras podem alojar-se nos pulmões e as consequências surgirem apenas décadas depois.

Neste sentido, o método de encapsulamento da Prudêncio contorna os riscos associados à sua remoção, transporte e deposição através de uma execução atenta e minuciosa sem libertar poeiras de amianto durante esses trabalhos.

 

Meio ambiente: 

Na Prudêncio, trabalhamos com algumas das soluções mais ecológicas e sustentáveis do mercado. Tirando partido da sustentabilidade da membrana da Koster, a  nossa solução transforma uma cobertura potencialmente perigosa num sistema sustentável, amigo do ambiente.  

Para além de procedermos a uma recuperação sem desperdícios que evita os riscos da remoção, esta solução permite a prevenção de consequências ambientais a longo prazo evitando, assim, a sobrecarga dos aterros.

 

Eficácia: 

A solução de encapsulamento garante, ainda, uma maior eficácia ao nível da impermeabilização e do isolamento térmico, resultado da sua continuidade no que diz respeito aos muros, caleiras, paredes de caixa de escada e chaminés, o que permite envolver todos os elementos da cobertura numa única camada de impermeabilização.

Para além da qualidade, extrema longevidade dos materiais empregues e melhoria das características de comportamento térmico, a nossa solução protege o fibrocimento de todas as causas que levam à sua degradação assegurando, assim, um aumento da vida útil do material.

 

Desvantagens da Remoção

A remoção de fibrocimento que contenha amianto não é, na maioria dos casos aconselhado. Ao ser removido, as fibras tendem a libertar-se mais facilmente da estrutura e, consequentemente, pode alcançar um raio de dispersão que coloque em risco não só os trabalhadores como toda a população circundante. 

 

Para além dos riscos associados a uma libertação adicional de poeiras de amianto, o processo de remoção é muito complexo e inseguro, os custos são elevados e é necessário um tempo de inatividade considerável face à solução de encapsulamento.

 

Várias entidades defendem que a remoção pode causar ainda mais a libertação de fibras. A Direção Geral de Saúde realça que “regra geral, a presença de amianto em materiais de construção representa um baixo risco para a saúde, desde que o material esteja em bom estado de conservação, não seja friável  e não esteja sujeito a agressões diretas”.

Adicionalmente, o Ministério da Saúde alerta que a remoção “pode libertar ainda mais partículas” e que, caso o material não esteja degradado,  “é preferível por vezes pintar/envernizar ou encapsular, do que remover”, acreditando que de um modo geral “o material que se encontra em boas condições, não liberta fibras de amianto”.

 

 

A Comissão Europeia lançou um “Guia de boas práticas para prevenir ou amenizar os riscos decorrentes do amianto em trabalho que envolvam (ou possam envolver) amianto, destinado a empregadores, trabalhadores e inspetores do trabalho. Segundo o guia, antes de ser tomada qualquer decisão sobre as medidas a serem implementadas no material contendo amianto, é preciso “determinar se é mais sensato deixar ficar os materiais que contêm amianto” caso se encontrem “em condições de segurança satisfatórias e sob controlo e gestão adequados” ou prever uma eventual remoção.

 

Também a Associação Nacional de Conservação da Natureza Quercus realça a não obrigatoriedade na remoção do amianto “a não ser que se verifique que este esteja degradado e que a sua exposição possa ser um risco, quer em situações de saúde ocupacional, quer em situações de saúde ambiental”.

 

 

Obra da Prudêncio – Antes e Depois dos trabalhos de reabilitação de cobertura em fibrocimento em Braga

 

Aposte na melhor solução

Reconhecendo que normalmente a melhor solução não passa pela remoção do material que contém amianto e que se encontra em boas condições de conservação, mas sim pela sua neutralização e reabilitação através do método de encapsulamento da Prudêncio, a decisão fica mais fácil e consciente do melhor procedimento para garantir a segurança, a saúde pública e a proteção ambiental.

 

Consulte-nos e tire todas as suas dúvidas. Efetuamos orçamentos gratuitos, sem qualquer compromisso. Entre em contacto connosco!

 

Documentos para consulta

 

Sítios relevantes para consulta

ENTRE EM CONTACTO CONNOSCO É um cliente, um fornecedor ou um profissional talentoso? Fale connosco!
NOME*
EMAIL*
CIDADE*
TELEFONE*
MENSAGEM*

Top